segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Cinema & Psicanálise de Franca apresenta:
A psicanalista Denise Lopes R. Antônio, próxima palestrante, conta que "o filme nos apresenta de modo delicado à dolorosa experiência de uma mãe saudável diante da complexidade emocional despertada pelo nascimento de um filho".
Isso porque a protagonista Rebecca está grávida e vive um ótimo momento em sua vida amorosa e profissional, mas logo após o parto se vê imersa em um estado mental inesperado, de indiferença e distanciamento em relação a seu bebê.
Denise também diz que "segundo Winnicott (psicanalista inglês), quando o bebê nasce e a mãe se vincula a ele, ela se identifica com seu estado de dependência e desamparo. Se nenhum aspecto da mãe for sentido como uno ao bebê, se não existir nenhuma identificação dela para com ele, o bebê será vivenciado como sendo um 'objeto' estranho".
Dessa forma, o filme nos apresenta ao que a psiquiatria denomina depressão pós-parto - a qual atinge 1 em 4 mulheres no Brasil, de acordo com a Escola Nacional de Saúde Pública.
Prontos para esse debate que promete ser interessantíssimo? Contamos com a presença de todos vocês!


0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!