sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Por Cristiane Sampaio
Mtb. 61.431


Olá,

Os Pecados Capitais será o tema abordado na reflexão psicanalítica que acontece no próximo dia 06, na sede da Associação Paulista de Medicina Regional SBC/Diadema.
Os conceitos incorporados no que se conhece hoje como os sete pecados capitais se trata de uma classificação de condições humanas conhecidas atualmente como vícios que é muito antiga e que precede ao surgimento do cristianismo mas que foi usada mais tarde pelo catolicismo com o intuito de controlar, educar, e proteger os seguidores, de forma a compreender e controlar os instintos básicos do ser humano. O que foi visto como problema de saúde pelos antigos gregos, por exemplo, a depressão (melancolia, ou tristetia), foi transformado em pecado pelos grandes pensadores da Igreja Católica.

Assim, a Igreja Católica classificou e seleccionou os pecados em dois tipos: os pecados que são perdoáveis sem a necessidade do sacramento da confissão, e os pecados capitais, merecedores de condenação. Que são:

A Gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral por comida, bebida. Segundo tal visão, esse pecado também está relacionado ao egoísmo humano: querer ter sempre mais e mais, não se contentando com o que já tem, uma forma de cobiça.

A Avareza é o apego excessivo e descontrolado pelos bens materiais e pelo dinheiro, priorizando-os e deixando Deus em segundo plano. É considerado o pecado mais tolo por se firmar em possibilidades.
A Luxúria (do latim luxuriae) é o desejo passional e egoísta por todo o prazer sensual e material. Também pode ser entendido em seu sentido original: “deixar-se dominar pelas paixões”.
A Ira é o intenso e descontrolado sentimento de raiva, ódio, rancor que pode ou não gerar sentimento de vingança. É um sentimento mental que conflita o agente causador da ira e o irado.
A Inveja é considerada pecado porque uma pessoa invejosa ignora suas próprias bênçãos e prioriza o status de outra pessoa no lugar do próprio crescimento espiritual.

A Preguiça, um dos sete pecados capitais, caracterizado pela pessoa que vive em estado de falta de capricho, de esmero, de empenho, em negligência, desleixo, morosidade, lentidão e moleza, de causa orgânica ou psíquica, que a leva à inatividade acentuada. Aversão ao trabalho, frequentemente associada ao ócio, vadiagem. Do latim prigritia
A Vaidade ou Orgulho conhecida como soberba, é associada à orgulho excessivo, arrogância e vaidade.
Com certeza um tema que vai levantar muitas questões. A apresentação é de Aparecida Malandrin Andriatte e a coordenação de Marcy Motta Carmona Gerbelli (Membro filiado da SBPSP).
Valores:
Profissionais: R$30,00
Profissionais da rede pública de saúde, educação e estudantes de graduação: R$15,00

Contato:
Tel. (11) 4125-4439 / (11) 4125-4439 / 4330-6166 - falar c/ Márcia.

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!