terça-feira, 30 de abril de 2013

Já temos a programação das primeiras sessões de Cinema & Psicanálise de 2013. 
Acompanhem no cartaz abaixo e não percam!


segunda-feira, 29 de abril de 2013

Clique AQUI e se inscreva. Vagas limitadas!


segunda-feira, 22 de abril de 2013

No último dia 13 de Abril de 2013, aconteceu o  Evento Preparatório do Congresso Brasileiro. Tivemos o prazer de conhecer um pouco mais sobre o  pensamento de Daniel Delouya- Psicanalista da SBPSP, Maria Aparecida Sidericoudes Polacchini - Psicanalista da SBPRP, Maria José Bottino Roma - Professora de Literatura - Colégio FAAP e Marion Minerbo - Psicanalista da SBPSP. 

Ouvindo-os, fomos instigados à reflexão sobre importantes inquietações de nossos dias, processo que certamente terá continuidade em cada um de nós. Temas similares poderão ser pensados e expandidos no XXIV Congresso Brasileiro de Psicanálise Ser contemporâneo: medo e paixão de 25 a 28 de setembro de 2013 em Campo Grande – MS.

Só temos a agradecer aos nossos palestrantes, ao caloroso público presente e a todos que de diferentes formas participaram da realização do evento.

Nós da SBPRP, certos de que mais uma vez realizaremos um encontro prazeroso, profundo  e frutífero, reiteramos nosso convite para nosso próximo evento:


Lia  Fátima Christovão Falsarella
Diretora Científica

Sandra Luiza Nunes Caseiro
Coordenadora do Evento Preparatório
Fernanda Sivaldi Roberti Passalacqua
Coordenadora do Evento “A criança, o adolescente e o psicanalista”


Clique AQUI e saiba mais!

sexta-feira, 19 de abril de 2013

Por Cristiane Sampaio
MTB 61.431

“Facing the pain” em português “Enfrentando a dor”

Este é o tema do 48º Congresso Internacional de Psicanálise, que será realizado pela IPA (Internacional Psychoanalytical Association) na cidade de Praga, República Checa,  de 31 de julho a 3 de agosto de 2013. Aos interessados apresentaremos hoje algumas informações iniciais sobre o tema e local deste tradicional congresso da comunidade psicanalítica internacional.

 -- Tema


O tema foi escolhido pelo Comitê do Programa com a proposta de abordar o contato emocional profundo entre paciente e analista. O Congresso tem como objetivo proporcionar esse debate intrigante sobre como paciente e analista vão se encontrar no enfrentamento da dor.

Dor sofrida pelo paciente, os reflexos no corpo e na mente, a experiência de estar sozinho, de partilhar e a forma como os analistas apreendem e encaram esta realidade é o que os organizadores vão propor nas      palestras e discussões deste evento. Buscando ainda reflexões sobre os entrelaçamentos entre aspectos individuais e sociais na ocorrência e despertar da dor, sempre enfatizando a prática clínica, porém sem desprezar o entorno social que envolve esta prática. Sem dúvida será uma rica oportunidade de encontro e trocas férteis para o desenvolvimento e ampliação do conhecimento e prática psicanalítica.

-- Local

O principal local de realização do Congresso é o Praga Hilton (Pobrezni 1, Praga, República Checa). Localizado no centro da cidade, entre a zona empresarial e a pitoresca cidade velha. O Hotel é famoso por possuir um serviço de alta qualidade e excelentes instalações.

Clique AQUI e saiba mais!

-- Programa

Clique AQUI! (Obs. Este programa ainda pode ter alguma alteração, em Maio teremos o oficial).

-- Inscrições/Preços

Existem duas opções, pacote completo para todos os dias ou somente para um dia. Além de descontos para compras antecipadas. As inscrições estão disponíveis no website do evento. Fique atento que todos os preços estão em Euros. 

Clique AQUI e se inscreva!

-- Baile de gala


O jantar de gala será realizado na noite de sábado 03 de agosto no magnífico Palácio Zofin , a cerca de 10 minutos de carro do Hilton Prague.

Clique AQUI e saiba mais!






-- Acomodações

O Hilton Prague disponibilizou preços especiais aos participantes do evento. Para reservar a sua hospedagem clique AQUI.

Deseja outra opção? Clique AQUI.

Fique atento! Para evitar confusão com táxis, etc, a organização do evento orienta que há também outro Hotel Hilton em Praga: o 'Cidade Velha Hilton'. Cuidado para não se confundir.

-- Mais informações sobre o Congresso? Clique AQUI.


#Conheça Praga

Sobrevivente de guerras e conflitos políticos, a cidade de Praga foi chamada por Goethe de "a jóia de pedra" e é considerada até hoje uma das capitais mais bonitas do leste europeu. Mansões e palácios renascentistas, catedrais e rotundas góticas, conventos barrocos e pontes medievais dividem espaço, representando uma arquitetura riquíssima e que deve ser apreciada aos poucos, a pé.

Para quem não se encanta pela arquitetura, não faltam atrações culturais. Por toda a cidade, cartazes divulgam espetáculos de ópera e jazz. Para os amantes da literatura, é possível seguir os passos de Franz Kafka, que passou boa parte de sua vida na cidade, visitando a casa onde morou ou o museu em sua homenagem.

O clima não costuma ser um grande obstáculo para os turistas. Apesar de a neve cair forte durante parte do inverno, o frio não chega a ser insuportável, atingindo -5°C. No verão a temperatura é amena, ficando entre 15°C e 25°C.

A organização do Congresso em parceria com a Agência de viagens Geber & Reusch, ainda oferece aos participantes do evento ampla seleção de passeios por Praga e sua região. Veja os passeios que já estão organizados:

·        Pós Congresso Tour: 2 dias a partir de Praga: Local de nascimento de Sigmund Freud (Příbor) + cidade Gustav Mahler (Jihlava, com o seu museu Mahler)
·         Theresienstadt / Terezin
·         Kutna Hora (património mundial da UNESCO)
·         Os passos de Franz Kafka
·         "Josefov" - O bairro judeu e da Cidade Velha
·         Art Nouveau em Praga
·         Compositores famosos em Praga (Mozart Museum, Bertramka House, Dvořák Museum, Museu Smetana)

Para mais informações clique AQUI.

Esperamos que este post tenha lhes ajudado. Nos vemos em Praga!

Fontes: http://www.ipa.org.uk / http://www.uol.com.br/

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Fonte: www.phc.com.br

Por Cristiane Sampaio
Mtb 61.431

Olá,

Já estamos nos aproximando de mais um grande evento na SBPRP, “A criança, o adolescente e o psicanalista”, que acontecerá no próximo mês de Junho. A equipe organizadora nos preparou uma carta de apresentação já com as primeiras informações do evento.

Acompanhem e fiquem ligados, pois as vagas serão limitadas!

“É com imenso prazer que a SBPRP estará promovendo nos dias 7 e 8 de junho, o evento “A criança, o adolescente e o psicanalista”. Este evento tem como objetivo oferecer ao público uma melhor compreensão do desenvolvimento da vida emocional das crianças e dos adolescentes, através da participação de psicanalistas da SBPSP e da SBPRP, que abordarão temas da atualidade.

Será aberto aos estudantes, pais, professores, profissionais da área da saúde e psicanalistas.

Em breve estaremos divulgando o programa completo e informações quanto as inscrições.

Contamos com a presença de todos, que muito enriquecerão este nosso encontro.

Andrea Ciciarelli Pereira Lima
Alexandre Martins de Mello
Fernanda Sivaldi Roberti Passalacqua- coordenadora
Maria Aparecida Garcia Galiote Brossi Pelissari
Mônica Bitar Santamarina Araújo
Regina Cláudia Mingorance



sexta-feira, 12 de abril de 2013


ATENÇÃO!

Comunicado da Diretoria Científica

Aproxima-se nosso Evento Preparatório do Congresso Brasileiro.

Queremos compartilhar nossa satisfação com o grande interesse despertado que resultou em vagas esgotadas com algumas semanas de antecedência. É com grande prazer que nos preparamos para receber os inscritos, e para melhor recebê-los, lembramos ainda que não teremos possibilidades de oferecer inscrições no local.

Agradecemos e desejamos a todos uma proveitosa jornada!

Para os que não puderam se inscrever, lamentamos, reafirmamos nosso intuito de continuar a recebê-los em outras oportunidades, e aproveitamos para comunicar que nos dias 7 e 8 de junho teremos: A Criança, o Adolescente e o Psicanalista. Evento cujas inscrições estarão logo disponíveis.

Lia de Fátima Cristovão Falsarella
Diretora Científica

Sandra Luiza Nunes Caseiro
Coordenadora do Evento



terça-feira, 9 de abril de 2013


 Por Cristiane Sampaio
Mtb. 61.431


Olá, 

Em 2004, a Sociedade Brasileira de Psicanálise de Ribeirão Preto criou o Departamento de Publicações, e a elaboração de um órgão de publicação de trabalhos científicos de seus membros já constava de seus objetivos.

Já em 2009, este projeto começou a sair do papel, uma vez que o crescimento de nossa produção científica seguia o ritmo do próprio crescimento da SBPRP. Da equipe que compunha o Departamento de Publicações, formou-se o Conselho Editorial, tendo à frente, na função de editora, Silvana Vassimon.

Esta equipe trabalhou com afinco para lançar o primeiro número da Revista, em maio de 2010, durante a II Bienal de Psicanálise e Cultura da SBPRP. A Revista nasceu, então, tendo como objetivo principal a divulgação da produção psicanalítica dos membros da SBPRP e permanece até hoje. Aliás, a sua produção está a todo vapor, a próxima edição da Berggasse 19 já está sendo editada, por isso preparamos hoje uma entrevista com a Psicanalista, Membro Associado da SBPRP e atual editora, Sra. Rosangela de Oliveira Faria.

Acompanhe e saiba as novidades!
                                                                       

SBPRP: Como surgiu a escolha do nome Berggasse 19? 

Rosângela Faria: Berggasse 19 é o endereço, em Viena, da casa onde Freud viveu e trabalhou por 47 anos, antes de partir para o exílio em Londres, em decorrência da ameaça nazista. Hoje, transformada no Sigmund FreudMuseum, recebe diariamente a visita de turistas do mundo todo, ávidos por conhecer o local onde Freud deu à luz à Psicanálise e onde produziu a maioria de seus escritos. Foi pensando neste local de criação das primeiras publicações psicanalíticas que escolhemos este nome para a nossa Revista. Freud, com sua produção incansável, erigiu sólidas bases para que a Psicanálise pudesse continuar seu desenvolvimento. Neste sentido, a Revista Berggasse 19 se constitui num espaço aberto para a divulgação do pensamento psicanalítico contemporâneo”.

S: Podemos esperar novidades para o próximo número da Berggasse 19?

R.F.:Até agora, em cinco números editados, publicamos artigos científicos de psicanalistas membros da SBPRP e demais Sociedades de Psicanálise filiadas à IPA. A partir do próximo número, estaremos abertos a receber manuscritos também de membros dos Institutos de Psicanálise das Sociedades filiadas à IPA, bem como de autores de áreas de interface com a Psicanálise. Esta ampliação visa criar espaço de expressão e troca de conhecimento psicanalítico, cultural e social, favorecendo a expansão e o aprofundamento da Psicanálise e estimulando o diálogo entre pensadores e instituições da comunidade científica sobre temas de interesse comum. Os manuscritos poderão ser apresentados em forma de artigos, ensaios, conferências e reflexões. Entrevistas e resenhas continuarão a fazer parte de cada número da Revista”.

Fonte: pepsic.bvsalud.org
S: Qual a composição atual da equipe editorial da Berggasse 19?

R.F.:Recebi, com muita honra e gratificação, o convite para assumir, a partir de fevereiro deste ano, a editoria da Revista. Apesar de fazer parte do Conselho Editorial desde o nascimento da Berggasse 19, considero esta função um enorme desafio, que se atenua com a segurança que tenho em poder contar com o incansável trabalho dos membros do Conselho Editorial e a fundamental consultoria da Co-editora. Do Conselho Editorial fazem parte: Alexandre Martins de Mello, Beatriz Troncon Busatto, Denise Lopes Rosado Antônio, Fernanda S. R. Passalacqua e Maria Letícia Wierman. Como Co-editora, Maria Bernadete Amêndola Contart de Assis”.

S: Poderia nos contar um pouco sobre os bastidores da elaboração de cada número da revista?

R.F.: “A Revista é editada semestralmente. O autor interessado em publicar seu manuscrito, encaminha-o à biblioteca da SBPRP. A bibliotecária o cadastra, faz a retirada da identificação do autor e o encaminha para uma pré-avaliação do Conselho Editorial, que avalia se o mesmo está de acordo com as Normas de Publicação da Revista. Depois, o artigo é encaminhado, ainda anonimamente, pela editora, a três membros do corpo de pareceristas, que é composto por psicanalistas pertencentes a Sociedades de Psicanálise de todo o Brasil. Estes pareceres são avaliados pelo Conselho Editorial, que indicará se o artigo está adequado a ser publicado ou não, ou ainda se necessita de modificações para a publicação. Terminada esta etapa, os artigos são encaminhados para a revisão técnica e depois para a editoração gráfica. A etapa final é a impressão gráfica”.

S: Como alguém pode se tornar um assinante da Berggasse 19?

R.F.: A assinatura poderá ser realizada através do site da SBPRP: www.sbprp.org.br. No link exclusivo para a Revista, o interessado, além de acessar os resumos dos artigos já publicados e conhecer as Normas Editoriais, poderá preencher o formulário para a assinatura e escolher a melhor forma de pagamento. A assinatura é anual e corresponde a dois números da Revista. Além disso, em todos os eventos científicos da SBPRP abertos ao público, a secretária da Revista estará presente, expondo os números já editados que poderão ser adquiridos de forma avulsa, bem como realizando novas assinaturas”.

Não perca tempo e adquira já a sua Bergasse 19!


quinta-feira, 4 de abril de 2013


Por Cristiane Sampaio
Mtb. 61.431


Olá,

Hoje encerramos mais uma série de sucesso aqui em nosso blog. A menos de duas semanas do Pré-Congresso (que será realizado em Ribeirão Preto no dia 13 de Abril de 2013) resolvemos postar o nosso último, mas não menos importante bate-papo com os palestrantes do evento.

O entrevistado de hoje é o Analista Didata Dr. Daniel Delouya. Ele deve abordar o tema “Totem e Tabu na relação com o contemporâneo”.

Acompanhem nossa conversa!



SBPRP: Em setembro acontecerá o XXIV Congresso Brasileiro de Psicanálise com o qual o Senhor está profundamente envolvido. Como surgiu o tema “Ser contemporâneo: Medo e Paixão”, escolhido para o próximo Congresso?

Dr. Daniel Delouya: “O tema surgiu na reunião da FEBRAPSI junto aos delegados e presidentes das sociedades federadas, conforme rezam os seus estatutos, ou seja, com a consulta científica aos representantes dos grupos que compõe nossa federação. Trata-se de um tema de interface entre o nosso fazer e os modos com que as configurações culturais atuais reverberam e nos solicitam em nosso trabalho como psicanalistas”.

S: A escolha do tema para o próximo Congresso foi muito oportuna e relevante. Para o nosso Evento Preparatório como o senhor  pretende abordar o tema “Ser contemporâneo: Medo e Paixão”?

Dr. D.D.: “A ideia do contemporâneo é a revelação do contratempo, da não coincidência do ser com seu tempo, tributário do medo, e das paixões que visam suplantá-lo. Algo que a psicanálise, na descoberta feita por Freud, e na prática e na reflexão que ela precipitou, já havia colocado em relevo. A minha intenção é abordar esse contratempo e esse desacordo fundamental a partir de Totem e Tabu e seu mito da geração do humano”.

S: O Senhor poderia falar um pouco mais a respeito  do olhar psicanalítico sobre o “antigo” e o “contemporâneo”?
Fonte: documentalpark. wordpress.com
   


Dr. D.D.: “É uma questão complexa, e posso talvez tomar apenas um pequeno veio dela: O “antigo” não é um termo útil de ponto de vista clínico e metapsicológico. O antigo, na psicanálise, é o anacrônico, ou seja, ele é contemporâneo. O passado não passa, ele se implica no presente. Porém, ele é objeto de uma busca, de um trabalho de descoberta, para se colocar em uso para o paciente, para o sujeito. Na genuína e primeira tópica de Freud, ele pensava que o paciente, ao se entregar ao trabalho proposto pela análise, acabaria em lembrar ou ver, perceber, ter insight de alguma coisa nele que propiciaria uma dissolução/resolução do sintoma - isto é, recolocaria o psiquismo em movimento diante da realidade cultural. Com o avanço da prática, Freud vai acrescentar que certas camadas de ação dos elementos anacrônicos demandam do próprio analista a construí-lo ou a re-construí-lo, propondo-o para o uso do paciente. Seja como for, e agora passando para um espectro mais amplo, essa convocação constante desse patrimônio histórico, fruto de construção junto aos objetos de origem, de cada sujeito, se colocam a serviço do presente, da realidade junto aos outros, da cultura. E, na segunda tópica, Freud se dá conta que esse patrimônio pode vir a não resistir tão bem à pressão do avanço perante a exigência cultural. Ao invés de se propagar e se sofisticar, no viver,  a serviço do registro simbólico, afetivo, do ser, esses elementos são passiveis de destruição, de desmantelamento pela cultura. Nesse momento, o regime da sobrevivência se coloca em relevo, e a sustentação possível seria a criação e a assunção do sintoma, não da sua dissolução, mas de sua criação. Nele reside toda a formação de compromisso entre o medo e a paixão, viver no e através do contratempo do escancaramento contemporâneo”.

------------------------------------------------------

#Saiba mais sobre o palestrante

Daniel Delouya - Analista Didata da SBPSP e autor de cinco livros sobre psicanálise, dentre eles o livro Torções na razão freudiana: Especificidades e afinidades (Unimarco, São Paulo, 2005), além de  vários  capítulos, artigos e ensaios que compõem livros e revistas de psicanálise.


ATENÇÃO! 

"Comunicamos que as vagas para esse evento estão esgotadas. Sentimos informar que não haverá possibilidade de inscrições no local no dia do evento".

Att,

SBPRP.




segunda-feira, 1 de abril de 2013


Por Cristiane Sampaio
Mtb. 41.631


A expectativa é grande ! Psicólogos, Médicos, Psicanalistas e tantos outros profissionais já vem se preparando há algum tempo para este grande evento. Afinal, faltam apenas seis meses para o XXIV Congresso Brasileiro de Psicanálise, que irá se realizar entre os dias 25 e 28 de Setembro, em Campo Grande - MS.

Pensando nisso, resolvemos preparar um post especial com o máximo de informações sobre o evento e a cidade sede.


Evento:

Tema: O tema deste congresso foi cuidadosamente escolhido e vai oportunizar interessantes discussões. Com o título “ser contemporâneo: medo e paixão", estaremos debatendo importantes questões que afligem o homem contemporâneo e suas repercussões em nossa técnica psicanalítica atual. 

Neste ano de 2013, o seminal trabalho de Freud – “Totem e tabu” completa 100 anos. Vamos homenagear Sigmund Freud, organizando Painéis que lançam um olhar mais detalhado sobre esta obra e sua relação com o homem contemporâneo.
 (FEBRAPSI)

Data: 25 a 28/09/2013

Local: Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande-MS. Clique AQUI e conheça o local!

Horário: Início às 19hs, do dia 25/09, com a Conferência: “O contemporâneo extemporâneo: Giorgio Agamben”  - Encerramento com horário a definir.

Valores:


- Jantar de Confraternização:

O evento de confraternização do Congresso ocorre na sexta, dia 27 de setembro de 2013, no Yotedy Buffet, na Rua Antônio Maria Coelho, 6200 - Campo Grande. O ingresso individual é por adesão e as vagas são limitadas. Garanta o seu, no momento da inscrição. Valor: R$185,00.

Inscrições: Estão sendo realizadas pelo website da FEBRAPSI, clique AQUI e se inscreva!

Programa: Clique AQUI! – (Obs. Ainda está sendo atualizado pela FEBRAPSI).

Trabalhos: O prazo para o envio de trabalhos de Temas Livres foi prorrogado e vence em 30 de abril. As informações para o encaminhamento de trabalhos já estão expostas no site. Os trabalhos concorrentes aos Prêmios da Febrapsi também já têm suas normas e regras publicadas no site. Clique AQUI!

Transporte e hospedagem: Clique AQUI!

Conheça CAMPO GRANDE! -----------------------------------------------


Município Brasileiro da região Centro-Oeste, capital do estado Mato Grosso do Sul. Fundada há mais de 113 anos por colonizadores mineiros, que vieram aproveitar os campos de pastagens nativas e as águas cristalinas da região dos cerrados. A cidade foi planejada em meio a uma vasta área verde, com ruas e avenidas largas. Relativamente arborizada e com diversos jardins por entre as suas vias, apresenta, ainda nos dias de hoje, forte relação com a cultura indígena e suas raízes históricas. Por causa da cor de sua terra (roxa ou vermelha), recebeu a alcunha de Cidade Morena. Campo Grande está localizada em uma região de planalto, em que é possível ver os limites da linha do horizonte ao fundo de qualquer paisagem. O aquífero Guarani passa por baixo da cidade.

É considerado o mais importante centro impulsionador de toda a atividade econômica e social do estado, posicionando-se como o de maior expressão e influência cultural, sendo também o polo mais importante de toda a região do antigo estado, desmembrado em 1977.


Turismo

Campo Grande é uma das opções por onde começa a aventura turística dos que se propõem a conhecer o Pantanal. Também possui a opção do turismo rural. Pode-se conhecer estâncias, pousadas rurais, pesque-pagues, trilhas ecológicas, cachoeiras e fazer esportes radicais e cavalgadas. No day-use o turista pode conhecer a história e cultura dos peões locais, além de ter a opção de comprar guloseimas e artesanato rural.

Nos vemos por lá em Setembro!


Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!