terça-feira, 18 de setembro de 2012



Por Cristiane Sampaio
Mtb. 41.631
 


Olá,

Hoje trouxemos uma reflexão interessante sobre a formação de uma família e os vários sentimentos que surgem com ela. Somos seres das relações, viemos de um casal que forma uma família, somos filhos e muitas vezes para o bem o para o mal temos irmãos e os diversos sentimentos contraditórios estão presentes.

Pensando nisso, postamos esta poesia de Pedro Bandeira. Ele aborda de uma forma engraçada, como uma brincadeira, tudo aquilo que sentimos quando ganhamos um irmãozinho. Veja:

Irmão menor
é pior
que catapora.
Irmãozinho
é pior do que carniça,
é pior do que
injeção.

Mexe no que é meu,
rabisca meu caderno,
perde meu carrinho,
e eu fico de castigo
se lhe dou um safanão.

É praga, é prega,

é sarampo, é varicela!

E não venha
achar estranho,
só porque dei uma surra
no danado do moleque
que xingou
o meu irmão.

Eu posso xingar.
Os outros, não.

Quem nunca viveu esses sentimentos? Todos os que um dia tiveram um irmão, seja de sangue ou não, que seja um primo, ou um grande amigo... já sentiram isso. O egoísmo, o ciúme e ao mesmo tempo o amor, o carinho, a lealdade e a vontade de proteger.  

Este tema também está em várias canções dedicadas ao público infantil, veja esta música do grupo Palavra Cantada.



E aí gostou? Ficou com vontade de debater um pouco mais este tema? Então corra e faça sua inscrição para a “Jornada: Casal e Família no Divã” que acontece neste final de semana, dias 21 e 22, aqui na sede da SBPRP. Um encontro imperdível!

As vagas são limitadas, vá até a sede da SBPRP (Rua Ércole Verri, 230, até dia 20/09 das 07:30h às 18:00h) e se inscreva!

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!