terça-feira, 21 de outubro de 2014

O Semeando a Psicanálise em Franca vem se renovando a cada ano. Este projeto criado pela SBPRP está sendo realizado em nossa cidade há mais de cinco anos e tem como objetivo uma integração com as universidades. Abrange seminários sobre a teoria e a técnica psicanalítica, de Freud até os autores contemporâneos e também proporciona um espaço de discussão clínica, na qual os alunos apresentam sua experiência de atendimento em psicoterapia psicanalítica.
Fizemos parceria com os dois cursos de psicologia de Franca, na Uni-Facef e na Unifran, contando com a participação ativa de coordenadores, professores e alunos destas instituições. Estamos realmente semeando um contato vitalizado com a psicanálise, despertando curiosidade, quebrando tabus e preconceitos sobre o método de investigação do inconsciente.
O próximo evento será no dia 22/10 na Unifran, com o tema " A capacidade de amar e os estados depressivos: um olhar psicanalítico", palestra ministrada por Ana Márcia V. P. Rodrigues, membro associado da SBPRP e por Sônia Maria de Godoy, membro filiado da SBPRP. Serão feitos comentários pela professora do curso de psicologia, Kênia Maísa Peres.
Segundo as palavras de Sônia Godoy, "Este tema faz pensar nas flutuações de emoções que podem levar da amorosidade à depressão, e a interligação, a conciliação de algo que é inseparável em nós todos: nossos sentimentos que embora contraditórios ou parecerem inconciliáveis, não se opõe um ao outro: podem levar um ao outro. É algo paradoxal: como é possível amar e odiar a mesma pessoa? Vamos buscar meios de compreendermos e nos aproximarmos destes estados que nos provocam tantas alterações, e que da mesma maneira que nos fazem sentir como que únicos, maravilhosos, também provocam brigas, homicídios, suicídios, o que nos leva a tomar contato com nossa fragilidade enquanto humanos que somos. E também vamos entrar em contato com as teorias psicanalíticas que nos mostram quanto a questão da perda do objeto primitivo, nossa primeira separação e diferenciação de nosso primeiro objeto amoroso e a conquista de ser um, ou entrar em posição depressiva, nos leva à gênese dos estados amorosos e depressivos, à compreensão de como estes sentimentos começam dentro de nós."

Comissão do Semeando a Psicanálise de Franca: Ana Márcia V.P. Rodrigues, Ana Regina M. Caldeira, Débora Agel Mellem (coord.), Fátima M. Cassis R. Santos, Josiane Barbosa Oliveira, Rosângela de Oliveira Faria, Sônia Maria de Godoy.

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!