terça-feira, 12 de novembro de 2013

O método psicanalítico, desde sua descoberta por Freud, tem sofrido expansões em seu corpo teórico e técnico. Bion, a partir das propostas de Freud e Klein intuiu que a mente funcionava alternando estados psíquicos neuróticos e psicóticos, portanto contraditórios, opostos e/ou cooperativos e integrados que se revelavam, frequentemente, na experiência de análise.


Penso serem estes os postulados básicos da Multidimensionalidade da mente (Bion,1991) e que tornou necessário  um novo corpo de constructos teóricos  e adequações do método no exercício da prática clinica.

Em 1965, Bion faz nova expansão ao desenvolver a Teoria das Transformações, introduzindo a noção da existência de uma realidade última “O” incognoscível e inacessível, a partir da qual as transformações ocorrem.  Tais expansões qualificam um estado de mente no qual coexistem o sensorial/ não sensorial; finito/ infinito e falsidade/ verdade.

Dr. João Carlos Braga, analista didata da SBPSP e do NPC, tem se dedicado ao estudo destes fenômenos e estará em nossa Sociedade no próximo dia 30/11/2013 compartilhando conosco os frutos de seus esforços. Certamente proporcionará significativa expansão de nossos conhecimentos.

O palestrante, a partir das ideias de Bion e de sua considerável práxis clinica, postula serem as experiências emocionais um fio condutor para  aproximações desses estados.

Contamos com a presença de todos os membros da SBPRP e da FEBRAPSI em mais este evento organizado pela Diretoria Científica da nossa Sociedade.

Comissão organizadora e Rachel Barbosa Lomônaco Beltrame (Presidente da SBPRP).


Atenção. 
Este evento é restrito aos membros da FEBRAPSI. 


- Serviço 
SBPRP
Rua Ércoli Verri, 230 - Jardim Ana Maria
Ribeirão Preto - CEP- 14026-200
(16) 3623-7585



0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!