quinta-feira, 1 de outubro de 2015




Psicanálise de Crianças


            O tratamento psicanalítico tem sido cada vez mais aceito e procurado pelos pais de crianças. É uma grande oportunidade para elas vivenciarem e lidarem com as suas dificuldades e para o desenvolvimento das potencialidades criativas e narrativas das suas experiências emocionais.
            Desde Freud, com o relato do caso clínico do pequeno Hans, a técnica psicanalítica tem se desenvolvido. Vários psicanalistas contribuíram para esse desenvolvimento. Cito, entre outros, Anna, Freud, Klein, Bion e Ferro.
            Na análise de crianças é importante o brincar, que é uma expressão natural na infância, como um modo de experimentação, criação, transformação e vivificação.
            A psicanálise de crianças, além de guardar semelhanças com a de adultos, tem suas especificidades. Para exercê-la bem, recorremos aos cursos de formação.

Referências Bibliográficas
Ferro, A. A técnica na psicanálise infantil.  Rio de Janeiro: Imago, 1995.
Freud, A. O tratamento psicanalítico de crianças. Rio de Janeiro: Imago, 1971.
Klein, M. (1997 a). Fundamentos psicológicos da análise de crianças pequenas. In Klein, M. A Psicanálise de Crianças. Rio de Janeiro: Imago, 23-35.
_______ (1997 b). A técnica de análise de análise de crianças pequenas. In Klein, M. A Psicanálise de Crianças. Rio de Janeiro: Imago, 36-54.
Molinari, E. A relação entre análise de crianças e de adultos. Livro Anual de Psicanálise, XXVII-2, p. 311-326.
Tirelli, L. C. & Scappaticci, A. L. S. (org.).  Bion e a psicanálise infantil. São Paulo, Primavera, 2011, 37-39.

           
            Sonia Maria Mendes Eleutério Mestriner
            Psicóloga- Psicanalista de adultos, crianças e adolescentes.

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!