quinta-feira, 1 de setembro de 2016

TERÇAS NA SOCIEDADE, NÃO PERCA!

Venha participar de mais um Terças na Sociedade no dia 06/09/2016.
Local: Rua Ércole Verri, 230 - Jd. Ana Maria - Ribeirão Preto.
Telefone: (16) 3623-7585
Inscrições gratuitas pelo e-mail sbprp.tercas@gmail.com (Vagas Limitadas).



Corpo Vivo Mente Viva
                                                                                 
Ana Rita Nuti Pontes

    É pelo corpo e através dos sentidos e sensações que acontece nosso contato original com o mundo e que nos faz sentir parte dele. Com o corpo nos comunicamos com nós mesmos e com os outros. O corpo é testemunha de nossa inter-relação e dependência com o outro, pois fomos gerados a partir de dois corpos e nascemos de um corpo.  A corporeidade compartilhada entre a mãe e o bebê, é o protótipo físico de uma dependência psíquica que nunca iremos nos livrar totalmente porque de alguma forma teremos sempre inscritos na nossa mente a presença da mãe e do pai sob a forma das heranças genéticas e das marcas psíquicas.  Estas são inscrições que formatarão o desenvolvimento do corpo e do eu e que levam ao estágio da personalização definida como “o sentimento de que a pessoa encontra-se no próprio corpo”.  O corpo é um meio flexível que temos à nossa disposição para exibir ou comunicar nossos estados de mente. Nossa relação com nosso corpo é provavelmente o maior sinalizador que temos de como nos sentimos com nós mesmos e com os outros. Durante uma sessão de análise o corpo do analista é também uma antena receptora daquilo que o paciente ainda não consegue experienciar por si só. A contratransferência acontece também na esfera corporal.
    Apresentarei 3 vinhetas clínica para evidenciar como a escuta do analista nestes casos vai além das palavras que se ouve. È importante ouvir com a mente, com o corpo todo, com o “coração”.

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!