terça-feira, 3 de maio de 2016

IV Bienal de Psicanálise e Cultura da SBPRP

Inscrições pelo site: www.sbprp.org.br/bienal
#IVBienal


O que mudou desde então?
 Imagem: 2001: Uma Odisseia no espaço (Stanley Kubrick, 1968).

Psicanálise e Tecnologia
Diálogos Possíveis

 A palavra cibernética , do grego, “Kybernetes”, governador, veio a público há aproximadamente oitenta anos (1948), ao se inaugurar a Ciência da Comunicação. A descoberta do processo de automação pelo físico austríaco Norbert Wiener e colaboradores do MIT( Massachusetts Institute of Technology) demonstrou a supressão da barreira entre o cérebro humano e a máquina. O evento da IV Bienal oferecer-nos-á, por meio de reflexões filosóficas, as implicações éticas da automação que, ao substituir o cérebro humano, foi portadora das grandes transformações pela quais a humanidade atravessa, afetando substancialmente os valores da sociedade, com implicações sociais, culturais, políticas e econômicas. A eminente filósofa Prof. Dra. Aléxia Bretas, na conferência “Pensamento e ética na contemporaneidade: perspectivas do humano no limiar entre o animal e a máquina” colocará em pauta a grande questão de “os múltiplos significados de uma virtual dissolução entre as fronteiras que separam o humano, o animal e a máquina”.


 ALÉXIA BRETAS.
Professora da UFABC com doutorado em Filosofia pela USP e pós-doutorado em Teoria Literária pela UNICAMP. Além disso, autora dos livros A constelação do sonho em Walter Benjamin (Humanitas / Fapesp, 2008) e Do romance de artista à permanência da arte: Marcuse e as aporias da modernidade estética (Annablume / Facesp, 2013).
O link para Curriculum Lattes é o seguinte: http://lattes.cnpq.br/9013594251646942.

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!