quarta-feira, 2 de maio de 2012


Por Cristiane Sampaio
mtb: 61431

Olá,

Hoje utilizamos como referência uma dica publicada em nossa ultima edição do Boletim na SBPRP. Este post foi pensado especialmente para os amantes de poesia.  Ainda, no final do ano passado foi lançado o livro bilíngue "A Branca Voz da Solidão", com poemas de Emily Dickinson.

A obra foi traduzida por José Lira, um estudioso da obra de Emily. Em vida foram publicados em torno de dez poemas de Dickinson, alguns deles com nomes de autores fictícios.

Sua obra não se enquadrava com a poética que predominava no final do século XIX, por ter rima, ritmo e uma gramática que fugia do convencional. Muitos dos seus poemas foram encontrados em pedaços de papel e em correspondências com amigos.

Segundo estudiosos, Emily vivia reclusa, mas sempre com lápis e papel em seu avental. Uma moça bela e prendada que não se sujeitou ao casamento, numa época em que muitas opções eram negadas às mulheres, Emily Dickinson dedicou-se, depois de adulta, a uma vida de completa reclusão, tendo passado mais de vinte anos sem sair de casa e sem receber visitas. Suas únicas tarefas eram cuidar da mãe doente, cozinhar e cultivar flores exóticas, além, é claro, de fazer versos.

Neste livro suas poesias falam sobre a morte, a solidão, o cotidiano e é claro, o amor.

“Emily Dickinson realiza o máximo de magia com o mínimo de sons, tira todo o efeito possível do amplo estoque de palavras da língua inglesa, e com tudo isso guarda uma simplicidade de canção popular, uma ingenuidade infantil, ora travessa, ora magoada”.
                                                                                    
Pois bem, a todos os fãs de poesia, de plantão, que acompanham nossos posts: aproveitem a dica e conheçam o belo trabalho de Emily Dickinson. 

Para quem já leu o livro, participe e deixe aqui seus comentários!

Fiquem sempre ligados em nossas atualizações na página do facebook e aqui no blog.

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Loading...
Subscribe to RSS Feed Follow me on Twitter!